A importância da escuta clínica na adolescência
21/08/2018
A adolescência é um período naturalmente difícil: impõe diversas questões ao jovem sobre quem se é, sobre quem se deseja ser. É um período de descobertas, questionamentos, mas sobretudo de poucas certezas.

Nesse momento o jovem é convocado a mostrar-se, a unir-se a seus pares, a constituir sua tribo, a buscar idetificações para além de sua família, para além de sua casa. É também um período em que a escola e o grupo de amigos fazem-se ainda mais importante, colocam-no em sociedade.

A importância de uma família que o dê suporte neste momento que é marcado pela transição é fundamental. Contudo, muitos adolescentes necessitam ainda de um terceiro espaço, onde possam falar sobre o que sentem, onde possam buscar um auxílio para além dos pais. A psicoterapia de adolescentes é um destes lugares. Ao ter com quem dividir suas emoções e questionamentos, o sujeito vê-se acompanhado nesta difícil trajetória que é crescer.
Precisa-se afastar dos pais e conquistar seu lugar no mundo e ao mesmo tempo precisa ter seu lugar assegurado na família. Um momento complexo e muito singular, cada adolescente o vive a seu jeito. Muitos sentem-se perdidos, desamparados, se vêem sem um lugar para chamar de seu, não sabem do que gostam, onde querem chegar. É natural que não se saiba, o mundo contemporâneo oferece ainda mais possibilidades, o que é bom por um lado, contudo, por outro, pode deixar o jovem ainda mais perdido e solitário.

Dessa forma, a psicoterapia de adolescentes propõe uma acolhida, uma escuta desse não saber. Propõe, principalmente, a possibilidade de um vir a ser para o jovem onde ele possa experimentar e lidar com esse período tão conturbado.
Compartilhe:
Endereço: Rua Felipe Neri, 406 (sala 403) | (51) 994403113 - contato@espacogradiva.com.br |