Doenças

Esclerose sistêmica

05/03/2018
A esclerose sistêmica é uma doença do tecido conjuntivo que afeta a pele e os órgãos internos. A maioria dos pacientes acometidos apresentam o Fenómeno de Raynaud, que se caracteriza pela alteração da cor das mãos e dos pés, no frio.
 
A pele dos dedos fica mais espessa e endurecida, sendo que alguns pacientes apresentam  essa fibrose cutânea mais difusamente, afetando os braços as pernas e o tronco. A fibrose é devida ao acúmulo de colágeno , que pode ocorrer também nos órgãos internos como o pulmão.
 
Como é uma doença rara, muitas vezes o diagnóstico é feito após muitos anos após o início dos primeiros sintomas.
 
O reumatologista é o médico mais qualificado para tratar esta doença.
 
Se você notar alteração na coloração das mãos ou pés, branca, azul, vermelho, este pode ser o primeiro sinal da doença. Procure um médico reumatologista que irá iniciar uma avaliação e acompanhamento. Um exame chamado capilaroscopia pode ajudar, pois através dele podemos visualizar as alterações da microvasculature que também ocorrem na esclerose sistêmica. O médico também irá solicitar a pesquisa de autoanticorpos, que são relacionados às alterações da imunidade.
 
Sociedade de Reumatologia do Rio Grande do Sul